Archive for janeiro, 2016

Credo

E já que voltamos à ativa, um poema de D. H. Lawrence que evoca o estado primordial das coisas, de onde viemos e de onde, em verdade, nunca saímos…  Continue lendo »

Anúncios

Leave a comment »

Porque Talvez Você Seja Uma Bruxa

Reativando este blog…
Encontrei semanas atrás o trabalho de Theodora Goss, escritora e poetisa, e este poema em particular parecia pedir para ser traduzido e divulgado — apreciem

Continue lendo »

Leave a comment »